Cirurgia do ceratocone

O que é Ceratocone e quais são os sintomas?

O ceratocone é uma doença que surge entre o final da infância e início da adolescência tendo como sintoma principal a piora progressiva da visão, podendo progredir até em torno dos 45 anos de vida.

O motivo é a mudança espontânea, lenta e progressiva no formato da córnea. Primeiro surge o astigmatismo, que melhora parcialmente com os óculos na maioria das vezes e depois vai piorando, pois os afinamentos e protrusões da córnea levam à deformações que se parecem com a forma de um cone, levando à piora progressiva da visão.

A córnea é a lente natural que existe na superfície dos olhos, em continuidade com branco do olho; sendo mais fácil identificá-la num esquema de perfil.

Como podemos ver no esquema ao lado, a córnea normal tem um formato parecido com a superfície de uma bola de futebol, enquanto a córnea com ceratocone lembra a forma de um cone, como a extremidade de uma bola de futebol americana.

ceratocone-vetor

Olho normal

Olho com ceratocone

A córnea é a lente natural que existe na superfície dos olhos, em continuidade com  branco do olho; sendo mais fácil identificá-la num esquema de perfil.

Como podemos ver no esquema acima, a córnea normal tem um formato parecido com a superfície de uma bola de futebol, enquanto a córnea com ceratocone lembra a forma de um cone, como a extremidade de uma bola de futebol americana.

A visão do olho com ceratocone, leva a uma imagem fora de foco, distorcida e raios de luz.

Diagnóstico do Ceratocone

Para detectar precocemente, é necessário consultar com um médico oftalmologista e durante uma consulta de rotina o médico pode medir a sua córnea ao realizar exames complementares, sendo imprescindível a alta suspeição para rastrear crianças e adolescentes com astigmatismo da seguinte forma:

Tratamento

Os objetivos dos tratamentos são melhorar a visão e controlar a progressão da doença.

Para melhorar a visão

Para melhorar a visão podemos prescrever óculos ou realizar a adaptação de lentes de contato especiais. 

Para casos mais avançados é necessária a realização de cirurgia remodeladora da córnea, com implantes de anéis intra-corneanos e transplantes de córnea.

Para controlar a doença

Não coce os olhos!

Colírio anti-alérgico: Não coçar os olhos é muito  importante! Prescrevemos colírios para inibir o impulso de coçar os olhos e impedir a progressão do ceratocone.

Cross Linking

O controle da progressão do Ceratocone é possível graças ao desenvolvimento do procedimento cirúrgico chamado Cross-linking.

Desenvolvido pelo médico suíço, Dr. Theo Seiler desde 1993,  Cross-linking é a combinação da radiação de luz ultra-violeta associada a aplicação da Vitamina Riboflavina na forma de colírio na superfície do olho com ceratocone. A córnea submetida a este tratamento fica mais forte, apresenta aumento na biomecânica, levando à estabilidade da forma. Este procedimento tem indicações médicas com critérios bem definidos e é considerada a maior inovação no tratamento do ceratocone nos últimos anos. Graças a esta possibilidade, podemos controlar a doença, sendo observado a diminuição e até interrupção da progressão do ceratocone, fato importante que vem causando a queda da indicação de transplantes de córnea para ceratocone.

Se você tem ceratocone, não espere! Faça logo uma avaliação pois casos avançados não podem fazer Cross-linking!